韩国风俗媚娘全集

25 de junho de 2020

O abandono dos ideais - Olavo de Carvalho - 1987


Quando as palavras saem da moda, as coisas que elas designam ficam boiando no abismo dos mistérios sem nome; e como tudo o que é misterioso e inexprimível oprime e atemoriza o cora??o humano com uma sensa??o de cerceamento e impotência, é natural que a aten??o acabe por se desviar desses tópicos nebulosos e constrangedores. Pois o que desaparece do vocabulário logo acaba por desaparecer da consciência: o que n?o tem nome n?o é pensável, o que n?o é pensável n?o existe — tal é a metafísica dos avestruzes. Só que a coisa desprovida do direito à existência continua a existir numa espécie de extramundo, inominada e inominável, tanto mais ativa quanto mais secreta, tanto mais temível quanto mais envolta nas pompas tenebrosas do nada. A restri??o do vocabulário povoa o mundo de temores e presságios. Desprovido da capacidade de nomear, eis o homem devolvido a todos os terrores que ele imaginava primitivos, mas que s?o uma pura cria??o da mais avan?ada e requintada decadência: o barbarismo artificial.

Se a coisa desprovida de nome é, por acaso, alguma realidade espiritual elevada, um valor excelso ou aspira??o suprema da alma — uma dessas coisas essenciais que se pode expulsar da consciência, mas n?o da existência —, é natural que sua reencarna??o obscura assuma, mais ainda

China exige teste de vírus chinês na soja brasileira, Brasil diz N?O!


A associa??o brasileira de exportadores de gr?os (ANEC) disse que os exportadores locais de soja n?o devem dar à China as garantias que solicitou que suas cargas estejam livres do novo coronavírus, pois isso exigiria extensos testes adicionais.

Marcos Amorim, diretor do comitê de contratos da ANEC, disse durante um webinar na quinta-feira que a resposta dos exportadores ao pedido chinês enfatizará que n?o há evidências de que o coronavírus possa ser transmitido por alimentos e n?o fará testes. Os membros da ANEC incluem a maioria dos principais comerciantes de commodities agrícolas do mundo.


 Reportagem de Ana Mano Editing por Brad Haynes

27 de maio de 2020

O Dossiê completo da liga??o entre o PT e as Farc´s

Matéria Revista Cambio – Col?mbia – 31 de julho de 2008


O computador de Raul Reyes revela que os vínculos das Farc com altos funcionários do governo brasileiro, entre eles cinco ministros, chegaram a níveis escandalosos”

No entardecer do sábado, 19 de julho, na fazenda Hatogrande, a casa presidencial ao norte de Bogotá, o presidente ?lvaro Uribe, sorridente e impertinente como poucas vezes antes, n?o teve duvidas em oferecer ao seu homologo brasileiro Luis Ignácio Lula da Silva um copo da aguardente de Antióquia para espantar um frio que penetrava até os ossos. Esse brinde selou a jornada que tinha come?ado na sexta-feira, 18, e que terminaria domingo, em Letícia, com a celebra??o do Dia da Independência da Col?mbia. Uma festa que, como nunca antes, incluiu artistas do calibre de Shakira e da qual o presidente peruano Alan Garcia também participou.

A agenda Lula /Uribe em torno de acordos bilaterais foi temperada de elogios públicos. O presidente Uribe agradeceu a Lula e a seu governo por seis anos de rela??es din?micas e de confian?a mutua. Mas em uma reuni?o privada que mantiveram diante de poucas testemunhas, Uribe fez a Lula um breve resumo sobre o conteúdo de uma série de arquivos que as autoridades colombianas encontraram nos computadores de Raul Reyes que comprometia cidad?os brasileiros e funcionários do seu governo com as Farc.

Ao contrario do que aconteceu com as informa??es relativas a servidores do governo Rafael Correa e a cidad?os equatorianos, que o governo tornou publicas, no caso do Brasil as instru??es de Uribe foram para que se mantivesse a discri??o e se lidasse diplomaticamente com o caso para n?o deteriorar as rela??es comerciais e de coopera??o com o governo Lula.

O governo colombiano usou de forma seletiva os arquivos do PC de Raul Reyes

22 de maio de 2020

SumOfUs e Sleeping Giants: Grupos de extrema esquerda apoiados por Soros tenta incluir conservadores na lista negra de grandes empresas


Site destaca que a press?o pela retirada de mídias conservadoras do mercado através de golpes financeiros pode se tornar uma tendência

Os grupos SumOfUs e Sleeping Giants s?o ativistas políticos de extrema esquerda que ficaram conhecidos por promover difama??es sobre qualquer mídia conservadora com o objetivo de pressioná-los a sair do mercado.

Enquanto, o SumOfUs, supostamente um grupo ativista de “direitos humanos”, é apoiado pelo Open Society Foundations de George Soros, a Tides Foundation, o Media Democracy Fund e a Rockefeller Brothers Foundation, o Sleeping Giants mantém seus responsáveis e colaboradores an?nimos. Apenas a identidade do ex-profissional de publicidade Matt Rivitz, foi revelada em 2018.

Em 2019, os dois grupos realizaram um protesto na assembleia geral anual da Mastercard, empresa internacional dos cart?es de crédito, pedindo que fosse estabelecido um “comitê de direitos humanos” que monitorasse os investimentos em organiza??es de “extrema direita”, colocando-as

16 de maio de 2020

A Internacional Progressista (PI): O plano diabólico da esquerda mundial para conter o avan?o da Direita


A nova Internacional Progressista, lan?ada pelo ex-candidato à Presidência Bernie Sanders, reúne socialistas e comunistas e tem como objetivo coibir o avan?o da direita no mundo. Representando a Argentina está a ministra da Mulher, Elizabeth Gómez Alcorta e representando o Brasil, Fernando Haddad..

Apesar de ter sido fundada em novembro de 2018, a Progressive International acaba de lan?ar um relan?amento global em meio à pandemia de COVID-19 que está assolando o mundo. Essa organiza??o foi iniciada pelo senador marxista americano Bernie Sanders e pelo ex-ministro das Finan?as da Grécia, Yanis Varoufakis . 

Este clube nasceu com a uni?o entre o Instituto Sanders , liderado por Jane Sanders, esposa do frustrado candidato à presidência democrata, e o Movimento Democracia na Europa 2025 (DiEM25) , um movimento de esquerda pan-europeu e transfronteiri?o liderado por Varoufakis.

A Internacional Progressista (PI) visa criar uma frente mundial para " promover a uni?o, coordena??o e mobiliza??o de ativistas, associa??es, sindicatos e movimentos sociais diante do avan?o do autoritarismo " , em clara referência ao avan?o dos nacionalismos. Ala direita

13 de maio de 2020

Governador comunista Flávio Dino faz compra de 6 milh?es de reais em equipamentos na capital mundial da pirataria


Para conseguir transportar 107 respiradores e 200 mil máscaras da China, o governo do Maranh?o precisou montar o que tem chamado de uma opera??o de guerra com o envolvimento de 30 pessoas e custo de R$ 6 milh?es de reais. A logística foi tra?ada depois de terem reservado respiradores algumas vezes e serem atravessados por Alemanha, EUA e pelo próprio Governo Federal. 

Opera??o durou 20 dias

Com a ajuda de uma importadora maranhense, o Governo Estadual passou a negociar com uma empresa de Guangzhou, que enviou os respiradores para a Etiópia, com o objetivo de escapar do radar da Europa e dos EUA.

Guangzhou é uma metrópole moderna,a terceira maior cidade da China, com cerca de 13

Venezuela um país sem gasolina e na quarentena



O discurso de Chávez na Venezuela insiste em garantir que haja controle sobre o coronavírus. No entanto, apesar do número relativamente baixo de casos, o regime de Nicolás Maduro estendeu a "Quarentena Social" por um mês, basicamente devido à ausência de gasolina no país, segundo analistas.

Sem especificar por quanto tempo, Maduro vinha ligando desde o fim de semana para "radicalizar a quarentena social". No entanto, terminou confirmando ontem que haverá mais um mês de quarentena. Agora haverá restri??es até 13 de junho. Esse dia será três meses após a admiss?o daCovid-19 no país.

Nos bastidores, no entanto, o problema crucial que o Chavismo enfrenta n?o é apenas o dos estragos que a pandemia pode causar, mas a ausência de gasolina. DIARIO DE CUBA confirmou que há falta de combustível em pelo menos dez grandes cidades do país, sem nenhum sinal de que essa situa??o possa ser resolvida no curto prazo.

Cidades como Maracaibo, Barquisimeto, San Cristóbal, Trujillo, Mérida, San Fernando

Cuba em crise pede doa??es em dinheiro para popula??o, para enfrentar o vírus chinês


O governo cubano anunciou a abertura de contas bancárias "para aqueles que querem fazer doa??es" diante da pandemia de Covid-19 na ilha, o site oficial do Cubadebate publicado na segunda-feira .

O vice-primeiro-ministro Alejandro Gil Fernández apresentou essa iniciativa como uma medida adicional para lidar com o novo coronavírus, na reuni?o habitual para analisar a situa??o na ilha liderada por Miguel Díaz-Canel.

Desta vez, s?o estabelecidas contas bancárias em cada província para receber "doa??es em dinheiro, na CUP ou na CUC, de pessoas físicas que desejam fazê-lo diante da situa??o criada no país pela pandemia", disse Gil Fernández.

Segundo o ministro da Economia e Planejamento, "esses recursos ser?o utilizados pelas autoridades territoriais para o desenvolvimento da produ??o de alimentos".

A situa??o com comida em Cuba é crítica em tempos normais. Com a atual crise do Covid-19, a escassez atingiu novos níveis. As medidas de racionamento, longe de resolver o problema, descobriram filas enormes e brigas nas lojas para alcan?ar um peda?o de frango

12 de maio de 2020

ESC?NDALO: Presidente Tanz?nia 'pega a OMS mentindo': 'Enviamos amostras de uma cabra e um mam?o'


Alguns líderes africanos suspeitam da Organiza??o Mundial da Saúde (OMS). O presidente da Tanz?nia, John Magufuli, decidiu testar a confiabilidade da organiza??o.

Ele enviou ao laboratório nacional da Tanz?nia amostras de uma cabra, mam?o e codorna, sem dizer de onde vieram as amostras. Ele ent?o contratou o laboratório para realizar testes de coroa.

Diz-se que as amostras deram positivo para o vírus. Magufuli demitiu o diretor do laboratório e expulsou o enviado da OMS da Tanz?nia do país.
Jogo desagradável

Existem duas op??es: o coronavírus é muito mais contagioso do que os cientistas pensam e pode até infectar cabras e mam?es, ou os resultados dos testes da OMS est?o incorretos. Portanto, se os testes de coroa n?o forem confiáveis, as pessoas com resultado positivo podem n?o precisar estar doentes.

Os resultados mostram, de acordo com Magufuli, que um "jogo sujo"